No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Renato dá ‘puxão de orelha’ em santistas por cartões em Bogotá




Mesmo com a proposta de jogar nos erros do Santa Fe, o Santos chegou a criar algumas boas oportunidades no segundo tempo da partida disputada nesta quarta-feira, em Bogotá, na Colômbia, pela terceira rodada da fase de grupos da Cope Libertadores. Mas justamente em seu melhor momento no jogo, o Peixe ficou em desvantagem após expulsão de Jean Mota aos 34 minutos e chegou a sofrer uma pressão dos colombianos nos últimos instantes do duelo.

Além de Mota, o volante Thiago Maia e o atacante Bruno Henrique também levaram cartões amarelos no embate. O lateral-esquerdo improvisado levou o segundo amarelo por retardar a cobrança de uma falta. Já os outros dois santistas foram amarelados por reclamarem com a arbitragem.

Por conta disso, o experiente Renato, de 37 anos, deu um ‘puxão de orelha’ nos jovens após o apito final no estádio El Campín. O volante, inclusive, destacou que a expulsão de Jean Mota foi determinante para o Peixe não sair de Bogotá com a vitória.

“Tem de tomar cuidado. Às vezes o árbitro não dá falta. Não adianta reclamar, não pode levar cartão à toa. Vamos aprender. Esse jogo ficou claro que não tem que reclamar. A equipe soube aguentar a pressão. Tivemos oportunidades. Poderíamos sair com a vitória. Voltamos melhor no segundo tempo. Eles têm jogadores altos, mas conseguimos suportar a pressão. Com um a menos fica complicado, o Bruno Henrique conseguiu arrancadas. Na Libertadores, não perder fora de casa é bom”, explicou o veterano.

Com o empate, o Peixe chegou aos 5 pontos e manteve-se na ponta de sua chave na competição continental. Na próxima rodada da Libertadores, Santos e Santa Fe voltam a se enfrentar. Desta vez, porém, o duelo terá mando do alvinegro e acontecerá no Pacaembu, no próximo dia 4 de maio, às 21h45 (de Brasília).

Eliminado do Campeonato Paulista, a equipe santista ficará 14 dias apenas treinando para o novo embate frente aos colombianos. Gazeta Esportiva

Nenhum comentário: