No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Único Invicto !


Diante de seus torcedores a equipe já classificada e até então invicta o River Plate, recebeu no estádio Monumental de Nuñez a equipe do Independiente Medellín. Porém não contava com a Vitória dos Colombianos por 2 x 1, com isso os Hermanos perderam a invencibilidade e o Peixe é único invicto da Libertadores ! 

Naldo Faustino

Braz vê Santos forte na Libertadores, mas quer evitar um adversário

Apesar da invencibilidade no campeonato, zagueiro do Peixe afirma que, se pudesse, não gostaria de jogar novamente contra o The Strongest, na Bolívia: 'É uma equipe forte'


David Braz igualou o número de gols de Ricardo Oliveira na temporada (Ivan Storti / Santos FC)

Mesmo com a classificação antecipada do Santos e com a liderança do Grupo 2, o zagueiro David Braz não quer reencontrar um dos adversários na Libertadores: o The Strongest, da Bolívia. O camisa 14 define o rival como forte e experiente e afirma que, se pudesse, não gostaria de enfrentá-lo novamente.

- Todos os adversários tem totais condições de chegar ao título e nós vamos lutar contra eles por isso. Conversei com meus companheiros e um time que temos experiencia é o The Strongest, uma equipe forte, principalmente na sua casa. Tem a dificuldade da altitude.. Se fosse pra escolher uma equipe que não queria enfrentar é o Strongest. Foi um jogo difícil contra eles, mas todos serão difíceis, vamos ter que estar preparados pra enfrentar as dificuldades - explicou.

Com o mesmo número de gols do atacante Ricardo Oliveira, o defensor vibra com a conquista, mas ressalta que não importa quem marque, o importante é continuar balançando as redes. 

- São dois jogos e três gols, pela primeira vez. Já havia feito dois gols em outras partidas, ano passado contra o Vitória e o Botafogo. Não é minha função, mas estamos trabalhando bastante na bola parada e graças a Deus todos que estão na área tem feito gols. Ricardo contra o The Strongest, Veríssimo contra o Santa Fe e agora tive a oportunidade contra o Sporting Cristal. Estou muito feliz - concluiu.

O Peixe tem intensificado o treino de bola parada e cruzamentos. Nas últimas semanas foi uma das principais atividades comandada pelo técnico Dorival Júnior.

O próximo desafio do Alvinegro é no domingo, contra o Cruzeiro, às 16h, na Vila Belmiro, pela terceira rodada do Brasileirão. Lance

Prefiro Ficar !


Thiago Ribeiro disse que prefere ficar no Santos, estava tudo alinhado entre os clubes. O Jogador que voltou ao elenco santista no começo dessa temporada apos seguidos empréstimos disse ao jornalista Ademir Quintino que continua no time da Vila. 

"Eu conversei com eles (presidente do Avaí e Claudinei Oliveira). Só fiquei sabendo que estavam na Vila Belmiro, logo após o jogo de terça-feira e que eles estavam me aguardando. Ouvi, tenho muito respeito pelo treinador Claudinei com quem trabalhei aqui mesmo, no segundo semestre de 2013, agradeci o interesse, mas disse que iria ficar e cumprir meu contrato com o Santos" disse Thiago Ribeiro.

Mano Brown corneta: "Quem escolhe a Vila para jogar não ama o Santos"

Mano Brown voltou a "atacar" nas redes sociais do Santos. E depois de criticar Lucas Lima, o rapper agora cornetou a diretoria. Ele não quer que o time jogue na Vila Belmiro. 

– Quem escolhe a Vila Belmiro para jogar não ama o Santos. Não dá mais, é humilhante ouvir das outras torcidas. Vergonha – comentou o músico em publicação no Instagram do Peixe.

Na vitória por 4 a 0 sobre o Sporting Cristal, nesta terça-feira, a Vila recebeu 6.632 torcedores. A média de público no Pacaembu é 29.694.


Rodrigão tem conversa com Dorival, mas futuro no Santos é incerto

Atacante perdeu espaço no time enquanto se recuperava de amigdalite e lesão em um dos joelhos. Técnico pede calma em retorno, mas propostas deixam dúvida sobre permanência


Com quatro gols na temporada, mesmo número de Ricardo Oliveira e Kayke, seus concorrentes, Rodrigão já chegou a ser o artilheiro do Santos no ano. Mas por problemas médicos, perdeu espaço no time. Nesta semana, o técnico Dorival Júnior o chamou para uma conversa no CT Rei Pelé e pediu calma em seu retorno. Ainda assim, sua permanência é incerta na Vila Belmiro.

De acordo com seus representantes, o atacante de 23 anos interessa a outras equipes brasileiras, mas ainda não definiu seu futuro. No início da temporada, Vitória e Grêmio o sondaram.

Desde que chegou do Campinense, no ano passado, quando era artilheiro do Brasil, Rodrigão balançou as redes oito vezes. Ele custou R$ 1,5 milhão aos cofres do Peixe.

Depois de substituir Ricardo Oliveira no começo do ano, enquanto o camisa 9 tratava caxumba, Rodrigão teve amigdalite e lesão em um dos joelhos. 

Nos treinos, o camisa 22 mantém o espírito alegre e faz brincadeiras com os companheiros. A última vez que foi relacionado para uma partida foi na estreia do Brasileirão, contra o Fluminense, no Maracanã.

Como o Alvinegro disputa três competições na temporada, Dorival prefere ter, pelo menos, três centroavantes e acredita que não teria um com a qualidade similar à de Rodrigão e seus companheiros de posição na base ou no time B.

Kayke, atual reserva imediato de Oliveira, está emprestado pelo Yokohama Marinos, do Japão, até o fim do ano, e custa 1,5 milhão de dólares (R$ 4,80 milhões) para ser comprado. Lance

Exame não constata lesão e Ferraz deve encarar o Cruzeiro

Mesmo com a goleada tranquila de 4 a 0 sobre o Sporting Cristal, nesta terça-feira, na Vila Belmiro, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores, os torcedores do Santos ficaram apreensivos com a situação de Victor Ferraz, que sentiu dores no joelho direito, recebeu atendimento médico e só não foi substituído pois o Peixe já tinha realizado as três alterações no jogo. Porém, o lateral-direito passou por uma avaliação médica nesta quarta e não foi constatada lesão no joelho.

Com isso, o camisa 4 o lateral-direito está liberado para a partida contra o Cruzeiro, neste domingo, às 16h (de Brasília) na Vila Belmiro, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Ferraz está sendo poupado dos treinamentos, mas ficará à disposição do técnico Dorival Júnior.
Victor Ferraz sentiu dores contra o Sporting Cristal aos 30 minutos do segundo tempo (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Vale lembrar as dores no joelho já fizeram com que o lateral fosse poupado no triunfo sobre o Coritiba, no último sábado. Caso ele não tivesse condições de entrar em campo contra a Raposa, Dorival poderia escalar Matheus Ribeiro ou Daniel Guedes. Gazeta Esportiva

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Thiago Ribeiro e mais dois podem trocar o Santos por outra equipe da Série A

Claudinei Oliveira, ex-técnico do Santos e hoje no Avaí, esteve no estádio para acompanhar o duelo e ainda observar Thiago Ribeiro, que está na mira do clube catarinense

Principal entrave para a saída de Thiago Ribeiro é o alto salário (Ivan Storti / Santos)

Os santistas que ficaram na cadeira numerada durante a vitória por 4 a 0 sobre o Sporting Cristal, nesta terça-feira, na Vila Belmiro, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores, notaram um visitante familiar. Claudinei Oliveira, ex-técnico do Santos e hoje no Avaí, esteve no estádio para acompanhar o duelo e ainda observar Thiago Ribeiro, que está na mira do clube catarinense.

Além do treinador, o presidente do Leão, Francisco José Battistotti, também esteve em Urbano Caldeira. A dupla vai se reunir com Modesto para tentar a contratação do atacante. O lateral-direito Daniel Guedes e o volante Alison também interessam.

O Avaí aposta no bom relacionamento de Claudinei com o presidente Modesto Roma para facilitar as negociações. Criado na base do Peixe, o treinador comandou o elenco profissional em 2013, após a demissão de Muricy Ramalho. Dorival Júnior, por sua vez, conta com Thiago Ribeiro para o restante da temporada, mas despistou sobre uma possível saída do jogador.

“Eu prefiro deixar que o próprio atleta resolvam essa situação. Minha opinião é que o grupo me satisfaz. Vem preenchendo aquilo que nós queremos”, explicou o técnico santista após a goleada sobre o Sporting Cristal.

O principal entrave para a saída de Thiago Ribeiro é o seu alto salário, cerca de R$ 300 mil por mês. O Santos, por sua vez, não está disposto a pagar parte do ordenado para emprestá-lo. O vínculo do atacante vai até o fim de 2017.

Já Daniel Guedes e Alison não têm recebido oportunidades entre os profissionais, mas são vistos com bons olhos pela diretoria do Peixe e um empréstimo pode ser uma boa opção para eles não ficarem parados. Além disso, os dois já trabalharam com Claudinei na base do alvinegro, o que pode facilitar o acordo.

Assédio cresce, e Thiago Maia pode ser o 'escolhido' para deixar o Santos

Volante atraiu olhares do Milan (ITA) e Lille (FRA), além de ter uma oferta do Zenit (RUS). Peixe admite necessidade de vender pelo menos um jogador na temporada


O volante Thiago Maia, de 20 anos, é o jogador que tem mais chance de deixar o Santos ainda nesta temporada. Antes mesmo da janela de transferências abrir (o período se inicia em julho), o camisa 29 já atraiu a atenção dos europeus. Milan (ITA) e Lille (FRA) são os interessados no momento, além do Zenit (RUS), que já sinalizou com uma oferta de 18 milhões de euros (R$ 66 milhões) em dezembro do ano passado.

Representando por Giuliano Bertolucci, agente que tem grande trânsito no futebol europeu, o volante não esconde o desejo de atuar no Velho Continente e nem mesmo a preferência pelo PSG, da França.

O Santos, que teve dificuldades para quitar pagamentos referentes aos direitos de imagem dos jogadores, reforça a necessidade de vender um atleta ainda nesta temporada, mesmo em meio a disputa pela Libertadores.

- O Santos, provavelmente, deve vender algum jogador, faz parte do planejamento financeiro do clube - disse o presidente Modesto Roma Júnior em recente entrevista coletiva.

Com 114 partidas disputadas pelo Peixe desde 2014, Thiago Maia tem contrato válido até 30 de junho de 2019. O Alvinegro tem 100% dos direitos do volante campeão olímpico, mas repassará 30% ao próprio jogador quando for vendido. Lance

Santos quer antecipar renovação de R. Oliveira

Nova proposta prevê vínculo com o atacante por mais uma temporada, mas sem reajuste de salário


Ricardo Oliveira chegou ao Santos em janeiro de 2015 (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

O Santos não vai abrir mão de Ricardo Oliveira, pelo menos é o que garante o presidente Modesto Roma. Nos próximos dias, o centroavante receberá uma proposta para renovar com o Peixe. Segundo informações do jornalista Jorge Nicola, da Rádio Bandeirantes, a tentativa será de prorrogar o vínculo por mais uma temporada, mas sem aumento de salário.

O contrato atual do jogador, de 37 anos, é válido até dezembro deste ano, mas permite que um pré-contrato com outro clube seja feito a partir de julho. No entanto, o atacante, que se recupera de uma má fase, já revelou o desejo de prosseguir no Santos para a disputa da Libertadores.

Ricardo Oliveira chegou ao Santos em janeiro de 2015, vindo dos Emirados Árabes, onde atuava pelo Al Wasl. O primeiro acordo era de apenas quatro meses. Com o bom desempenho, o centroavante renovou com a equipe da baixada e recebeu aumento. Desde então, o atacante se tornou peça importante para Dorival Júnior, que não cogita a libertação do atleta. 

Outro procurado pela diretoria santista para renovar é Lucas Lima. O clube apenas aguarda a decisão do meia, que tem a proposta em mãos. Conteúdo Estadão

Oliveira releva críticas ao Santos e afirma: “Aqui tem qualidade”


Atual vice-campeão brasileiro, o Santos segurou seus principais jogadores e ainda trouxe seis reforços em janeiro. Apesar disso, o Peixe ainda não encantou a torcida na temporada e foi alvo de críticas no começo do ano. Aos poucos, porém, a equipe comandada por Dorival Júnior vai alcançando seus objetivos. O principal deles, que é a continuidade na Copa Libertadores, foi confirmado nesta quarta-feira, após s vitória de 4 a 0 sobre o Sporting Cristal, na Vila Belmiro.

Com o triunfo, os santistas avançaram para as oitavas de final do torneio continental, que começam a partir de 4 de julho. Para Ricardo Oliveira, autor do segundo gol do Santos diante do peruanos, as críticas são normais, já que se esperava muito do Peixe no início do ano.

“Acho que para nós era importante terminar em primeiro lugar do nosso grupo. São muito normais as críticas, nós recebemos elas porque vocês estão acostumados com o futebol bonito que a gente vem fazendo no Brasil. Vocês mesmos (imprensa) tem falado isso e nós nos cobramos muito, mas o mais importante é que nós conseguimos a classificação em primeiro lugar do grupo, e pouco a pouco a gente vai retomando aquele bom futebol, porque aqui tem muita qualidade”, explicou o camisa 9 na saída do gramado.

Agora, com o período de ‘descanso’ na Liberta, os comandados de Dorival Júnior voltam suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, às 16h (de Brasília), o alvinegro recebe o Cruzeiro, na Vila, pela terceira rodada da competição nacional. Gazeta Esportiva

Dorival ressalta fase 'guerreira' e pede concentração nas oitavas

Com a classificação garantida e a liderança em mãos, técnico define Santos com 'espírito de guerreiro'. Mesmo confiante, treinador se preocupa com risco de eliminação


Com a vitória sobre o Sporting Cristal por 4 a 0, o Santos conseguiu ganhar o mando de campo no jogo de volta das oitavas. E o técnico Dorival Júnior usou o termo "guerreiro" para definir sua equipe na noite desta terça-feira. Além disso, comentou de forma geral a atuação do Peixe na Libertadores.

- Durante toda a Libertadores a equipe tem postura agressiva, buscando o gol sempre. Tivemos 15 minutos iniciais muito fortes, isso nos deu a possibilidade de encontrar os gols por merecimento. Esse espírito (de guerra) temos visto ao longo de todos os jogos. E foi em razão desse espírito que conseguimos a classificação antecipada. E a confirmação hoje do primeiro lugar de um grupo difícil pela qualidade das equipes, campeãs em seus países. Tivemos espírito mais do que guerreiro para buscarmos resultados - explicou.

O comandante santista pensa que concentração deve ser a palavra-chave para a próxima fase, já que qualquer deslize poderá levar à eliminação.

- Santos chega com uma confiança quase que resgatada completamente em razão do nosso início complicado em razão de N fatos. Equipe se recupera, aprende a sofrer, guerreando muito. Isso foi um acréscimo que tivemos. Teremos jogos eliminatórios e um erro pode ser fatal, teremos que estar preparados. Confiança é importante, mas concentração deve ser maior a cada momento para não sermos surpreendidos e errarmos em momentos de definição - disse.

Para o treinador, David Braz, autor de dois gols, foi decisivo para a partida contra os peruanos. O zagueiro se recuperou de um estiramento na perna esquerda.

- David voltou muito bem. Depois da última pequena lesão, além dos gols, a sequência dá uma condição ainda melhor pela condição que possui. Faltava uma partida sendo importante defensiva e ofensivamente. Hoje foi um grande resultado a partir das construções que ele participou decisivamente - concluiu.

O Alvinegro encerrou a primeira fase como líder do grupo 2 e com 12 pontos. Além disso, é o único clube brasileiro invicto na competição continental. O sorteio para as oitavas de final será realizado no dia 14 de junho. Lance

Santos goleia o Cristal e garante a primeira colocação do grupo na Libertadores


Na Vila Belmiro e com dois gols de David Braz, Peixe atropela peruanos e conquista vantagem de decidir em casa nas oitavas; Conmebol sorteará duelos do mata-mata no dia 14 de junho

Contra um rival que já entrou em campo sem objetivos, o Santos cumpriu bem sua missão na Vila Belmiro, na noie desta terça-feira: goleou o Sporting Cristal por 4 a 0, com dois gols do zagueiro David Braz, e garantiu a primeira colocação do Grupo 2 da Libertadores.

Com a vitória, o time de Dorival Júnior encerrou a fase de grupos com 12 pontos, à frente de The Strongest (9) e Santa Fe (8) – os bolivianos avançam, os colombianos jogarão a Sul-Americana – e do Cristal (2), lanterna. A liderança dá aos brasileiros a vantagem de decidir as oitavas de final em casa.

Ao contrário das outras edições, quando o cruzamento do primeiro mata-mata era definido a partir da pontuação das equipes, neste ano a Conmebol sorteará os confrontos – sempre entre os primeiros contra os segundos colocados de cada grupo. A definição será no dia 14 de junho. As oitavas começam em julho, apenas.

Agora o Santos foca no Brasileiro: no domingo, enfrenta o Cruzeiro, às 16h, na Vila Belmiro. Assim como no jogo contra o Sporting Cristal, Dorival Júnior não terá o meia Lucas Lima, que se recupera de uma lesão na coxa.


Ricardo Oliveira comemora o segundo gol do Santos contra o Cristal (Foto: Futura Press)

O jogo

Sem o peso de ter que conquistar um resultado para continuar vivo na Libertadores – a classificação para as oitavas já havia sido sacramentada na rodada anterior –, o Santos começou o duelo contra o Cristal marcando os peruanos no campo de ataque. Contra um rival desinteressado, os gols alvinegros saíram sem grande força.

No primeiro, aos 19 minutos, Ricardo Oliveira, que havia acertado a trave minutos antes, cobrou falta, e Viana espalmou para o meio da área. David Braz aproveitou o rebote e abriu o placar. Pouco depois, o goleiro dos visitantes saiu jogando com os pés, Vitor Bueno desviou e a bola sobrou para Ricardo Oliveira, que bateu para ampliar.

Com a vantagem e sem ser incomodado, o Santos voltou para o segundo tempo em ritmo mais lento. Mesmo sem apertar muito, chegou ao terceiro, aos 21 minutos. Vitor Bueno fez linda jogada, com dribles sobre Cazulo e Viana, mas teve o passe para Kayle interceptado. A bola então voltou ao próprio Vitor Bueno, que só empurrou.

David Braz, que já tinha feito o gol da vitória sobre o Coritiba, pelo Brasileiro, no último sábado, ainda fez outro, aos 26, o segundo dele nesta terça-feira, o quarto do Santos. Em cobrança de escanteio, Renato desviou e Braz fez. Fácil. GE